Produtos Orgânicos​

Nas últimas décadas houve um crescimento muito grande com relação à preocupação com a saúde, por isso as pessoas começaram a investir numa alimentação mais saudável. Essa mudança de comportamento propiciou o desenvolvimento de novas técnicas de produção na agricultura, que culminaram com a produção de alimentos orgânicos. Apesar de este tipo de alimento ainda soar um pouco estranho para a maioria da população, um número significativo de pessoas no Brasil e também no mundo já descobriram os benefícios de adquirir produtos orgânicos.

Mas, qual é a diferença entre os alimentos orgânicos e não orgânicos? Ao contrário dos alimentos convencionais, os produtos orgânicos utilizam técnicas específicas, que respeitam o meio ambiente durante todo o seu processo de produção. Além do mais, eles também visam a qualidade do alimento, já que não são usados agrotóxicos nem qualquer outro tipo de produto -como adubos químicos que possam acarretar algum dano à saúde de quem consumir o alimento. Ou seja, eles são obtidos de maneira mais natural, por isso são mais saudáveis e até mais saborosos e nutritivos.

Pela técnica convencional de produção de alimentos, utiliza-se maquinário pesado e insumos químicos. Como consequência há desgaste do solo, contaminação de alimentos por agrotóxicos e diminuição da qualidade dos alimentos. Por outro lado, a técnica utilizada na produção de alimentos orgânicos dispensa o uso de qualquer tipo de contaminantes que ponham em risco a saúde do agricultor, do meio ambiente e do consumidor, preservando portanto a saúde humana e ambiental. Existe um cuidado especial com a água e com o solo, que é preservado, sendo utilizada matéria vegetal e animal para a adubação (húmus de minhoca, esterco curtido, adubação com leguminosas). O controle biológico de pragas de forma limpa é outra preocupação dos produtores de alimentos orgânicos.

No Brasil já podem ser encontradas frutas, verduras, legumes, grãos, ovos e carnes orgânicos. No caso da produção de ovos e carnes, o cuidado com o rebanho ou a granja é ainda maior, já que os animais não podem ter estresse. Além do mais, a alimentação é feita com grãos, cereais, sementes, verduras e legumes orgânicos. Os animais também são criados sem a aplicação de hormônios, anabolizantes e antibióticos. Por todos esses motivos, os ovos e as carnes orgânicas são mais saudáveis.

Benefícios dos alimentos orgânicos

Os benefícios dos alimentos orgânicos para a saúde e o meio ambiente já começam a ser mais conhecidos pelos consumidores, por isso tem aumentado significativamente a procura por estes produtos. Nos grandes centros urbanos, por exemplo, os alimentos orgânicos são encontrados à venda em “Feiras Orgânicas” ou “Feiras Verdes”, que vendem exclusivamente produtos orgânicos. Já nas “feiras livres”, as barracas de orgânicos ainda são em menor número.

  • Os alimentos são mais saudáveis, pois são livres de agrotóxicos, hormônios e outros produtos químicos. Menor índice de toxidade.
  • São mais saborosos.
  • Maior valor nutricional do alimento. Maior concentração de nutrientes, chegando a ser 20 vezes maior do que em alimentos comuns.
  • A produção respeita o meio ambiente, evitando a contaminação de solo, água e vegetação.
  • A produção usa sistemas de responsabilidade social, principalmente na valorização da mão de obra.